“E ele atende, e implica, e a gente some, e ele chama, e a gente volta, e briga, e ama, e sofre, e ama, e ama, e ama.”

Tati Bernardi.    (via sinuar)
“Sabe quando você quer chorar? Quer gritar, berrar, deitar na cama, ouvir músicas tristes e não sair de lá… Mas continua parado no mesmo lugar fingindo que tudo está bem?”

Glee.   (via sinuar)
“Me desliguei um pouco dessa paranóia de ‘o que os outros vão pensar?’ e agi, segundo a minha vontade, segundo aquilo que eu julgo certo, que se danem os outros, afinal quem vai viver o momento sou eu! E dai se eu acordar arrependida? Pelo menos não terei dormido na vontade! E se eu errar? Ah, arquiva aí como experiência.”

Tati Bernardi.  (via serporestar)
“Às vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois. Fico aqui sonhando acordado, juntando, o antes, o agora e o depois.”

Caetano Veloso.  (via sinuar)

Eu ligo muito para pequenos gestos.

“— Tem a imaginação fértil?
— Fértil até demais. Principalmente pra enxergar coisas onde não existem.”

Ruany Barbosa. (via semprefoivoce)
“Porque até o silencio dele, olhando pra mim… é bonito.”

Fernanda Myamoto.    (via semprefoivoce)